Evite erro 404 com redirecionamento 301

redirecionamento 301

Você deve evitar erro 404 (página não encontrada), sempre que possível. Claro, não podemos impedir que todos eles, como no caso em que um usuário digita uma URL errada, mas em muitos outros casos, eles podem ser evitados facilmente utilizando redirecionamento 301. Especialmente se você estiver migrando de um site antigo para um novo e sua URL ou domínio mudar. Quando os usuários não atualizam seus favoritos eles acabam em uma URL não existente (404 Error).

Em caso de mudanças de URLs se você não usar o redirecionamento 301 para enviar os seus usuários para as novas URLs, você ficará com URLs quebradas no índice do Google e ele vai levar muito tempo para atualiza-las. Isso pode impactar fortemente nos ranques do seu site nos resultados de pesquisa!

Neste artigo você vai aprender:

  1. Como reconhecer um erro 404
  2. Como corrigir este erro 404?
  3. Como encontrar as páginas que precisam de redirecionamento 301?
  4. Qual a vantagem de fazer redirecionamento 301 no WordPress ou Joomla?
  5. Redirecionamento 301 no WordPress
  6. Redirecionamento 301 no Joomla!
  7. Redirecionamento Personalizado via .htaccess

Como reconhecer um erro 404 Not Found

Há várias maneiras diferentes de ver esta mensagem de erro no seu computador. Esteja ciente de que 404 Páginas podem ser totalmente personalizadas pelo proprietário do domínio. Pode mostrar qualquer maneira imaginável, mas estas são algumas das palavras comuns que você pode procurar saber se o erro que você vê é um erro 404.

  1. “Erro 404”
  2. “404 não encontrado”
  3. “A URL solicitada [URL] não foi encontrada neste servidor”.
  4. “HTTP 404 Not Found”
  5. “404 Página Não Encontrada”

O padrão HTTP 404 – Página de erro não encontrada será uma tela branca com texto preto simples. Aqui está uma captura de tela de uma página 404 básica que você pode ver:

Lembre-se de que o erro 404 pode ser completamente personalizado. Veja como é a página 404 do GitHub:

Como corrigir o erro 404?

O caminho a percorrer é determinar quais são usas URLs antigas ou URLs que geram erros 404 e redireciona-las para as URLs novas. Tecnicamente, isso deve ser feito através de um redirecionamento 301. Tal redirecionamento é a forma amigável ao Google de fazer redirecionamentos e o código 301 indica que a URL foi movida permanentemente. Isso permite que o Google e outros motores de buscas saibam que o link antigo não deve ser mais usado e também informa da nova URL.

Como encontrar as páginas que precisam de redirecionamento 301?

Antes de instalar qualquer plugin para fazer os redirecionamentos é fundamental você saber quais as páginas que apresentam erros para a devida correção.

Os CMSs como o WordPress possuem soluções gratuitas para redirecionamento. Já para a encontrar as páginas que precisam ser redirecionadas.

O serviço mais confiável e gratuito que permite identificar erros no seu site é: O Google Search Console.

Essa opção é uma ferramenta que monitora a presença do seu site ou blog no Google e oferece uma infinidade de relatórios, sugestões de melhoria no desempenho e identificação de erros. No Google Search Console você saberá quais as páginas que possuem erros e precisam ser redirecionadas corretamente.

Procurando erros de rastreamento

Depois que o seu site estiver verificado, você terá acesso ao painel do Google Search Console e poderá monitorar as páginas do seu domínio, o tráfego e muitas coisas importantes importantes. Após acessar a sua propriedade na página do Search Console, você vai clicar em “Rastreamento” e em seguida, “erros de rastreamento” para verificar quais os erros que o Google identificou em seu site:

Na página de “Erros de rasteamento” o Google vai fornecer o resultado das URLs que apresentam erros e que precisam ser corrigidas na guia “Não encontrado”:

 

OBS: Se você criou uma conta recente no Google Seach Console pode demorar alguns dias para que os erros e outros pontos importantes do site sejam exibidos na sua propriedade.

Qual a vantagem de fazer redirecionamento 301?

Por se tratar de uma tarefa que pode se tornar muito frequente nas ações de SEO é interessante ter a possibilidade de realizar esse trabalho de forma simples e eficiente através de plugins disponíveis nestes dois CMSs.

Você reduzirá o tempo e o custo dedicado à tarefa, que por ser uma tarefa técnica ficaria caro se tivesse que contratar uma equipe especializada toda vez que precisar fazer essas correções no seu site.

Redirecionamento 301 no WordPress

No WordPress primeira coisa que você deve fazer é acessar o painel de controle do seu site é procurar, no menu vertical, a opção plugins conforme indicado na imagem abaixo:

Na página de plugins, você vai clicar na opção “Adicionar novo”. Busque no seu canto direito superior a caixa de pesquisa e digite “Redirection”:

Após o resultado da busca, escolha o plugin Redirection e clique em “Instalar agora”. Aguarde para que o plugin seja instalado e depois clique em ativar.

Após a ativação do plugin, vá ao menu vertical e procure a opção “Ferramentas”. Nela você encontrará a opção “Redirection”:

O plugin “Redirection” é o plugin que uso e recomendo para 301 redirecionamentos. É também um dos plugins mais populares disponíveis no repositório oficial do WordPress.

Ele tem uma interface muito simples e intuitiva, para criar redirecionamentos:

  1. Defina o URL da origem (seu URL antigo e existente) e o URL de destino (seu novo URL ao qual você deseja redirecionar) e clique em Adicionar redirecionamento.
  2. Um tipo de redirecionamento 301 é adicionado por padrão! E isso é tudo o que você precisa fazer.

O plugin Redirection é um plugin poderoso e tem várias outras opções. Um dos recursos mais úteis (também porque eu recomendo usar este plugin) é que ele adiciona automaticamente um redirecionamento 301 quando você altera o URL de uma publicação no WordPress a qualquer momento.

Outra característica muito importante é o monitoramento de erros 404 que permite que você saiba quais URLs estão gerando erro 404 sem sair do seu wordpress, permitindo que você faça a correção imediata.

Também permite métodos de redirecionamento personalizados (301, 302 e 307 redirecionamentos) podem ser úteis para fins de SEO mais amplos. O plugin também está disponível em mais de 25 idiomas.

Redirecionamento 301 Personalizado via .htaccess

Uma alternativa de redirecionamento é a criação manual no arquivo .htaccess (que fica na raiz do seu site). Para usá-los, devemos definir as URLs de origem e URLs de destino:

redirect 301 /pagina-antiga.htm http://www.seusite.com.br/pagina-nova.htm

Para pessoas com conhecimento técnico mais aprofundado este é o método mais utilizado. Esses redirecionamentos oferecem um grande ganho de desempenho, por que eles são executados antes do WordPress ou Joomla serem carregados.

A coisa boa é que esta é uma maneira muito exata de lidar com seus redirecionamentos. Nenhuma extensão é necessária, contanto que você saiba o que está fazendo. Além disso, o desempenho é menos afetado, já que esses redirecionamentos são executados pelo software de servidor Apache.

Gostou do artigo? Queremos os seus comentários!